Timbó gerou 1.225 novos empregos no primeiro trimestre desse ano

Spread the love

3.484 admissões e 2.259 demissões já aconteceram em Timbó nos primeiros três meses de 2021

3.484 admissões e 2.259 demissões já aconteceram em Timbó nos primeiros três meses de 2021. O saldo na geração de empregos no município é positivo: 1.225 vagas foram geradas nesse período. Somente no mês de março foram 300 novas vagas no município. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (28) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Ministério da Economia. No acumulado dos últimos 12 meses (abril/2020 a março/2021), período integral da pandemia, o saldo positivo foi de 1.312 empregos no município. Na comparação com municípios vizinhos de porte semelhante, Timbó levou vantagem na geração de empregos no acumulado do trimestre e nos últimos 12 meses. Enquanto Timbó gerou 1.225 novos empregos no trimestre, Indaial gerou 1.047 e Pomerode, 897. No acumulado da pandemia (abril/2020 a março/2021), enquanto Timbó teve saldo positivo de 1.312 novos empregos, Indaial teve 909 e Pomerode, 313 novas vagas.
Em março deste ano, os municípios em Santa Catarina que registraram os maiores saldos de emprego no mercado de trabalho foram, Joinville (3.623 postos), Blumenau (1.870) e São José (1.429).

O mês de março na geração de empregos na região:

Apiúna: -12

Ascurra: +50

Benedito Novo: +18

Doutor Pedrinho: +18

Indaial: +427

Pomerode: +298

Rio dos Cedros: +70

Rodeio: +29

Timbó: +300

Arnaldo Zimmermann/Rádio Cultura FM