Téo e Edu homenageiam prima assassinada em atentado no Oeste de SC

A professora Keli Adriane Aniecevski era prima dos sertanejos

Uma das vítimas do atentado a uma creche em Saudades na manhã desta terça-feira, 4, a professora Keli Adriane Aniecevski, de 30 anos, era prima dos sertanejos Téo e Edu. A dupla divulgou nota nas redes sociais, na qual lamentou a perda da prima.

“Da professora dedicada em ensiná-los e protege-los… Da funcionária comprometida com cada aluno e suas famílias… Estamos de coração partido!”, diz. “A Keli era uma pessoa de sorriso cativante, cheia de vida, com tantos sonhos que agora não poderão mais se tornar realidade”, completa.

As crianças assassinadas foram identificadas como Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses, Anna Bela Fernandes de Barros, 1 ano e 8 meses, e Murilo Massing, 1 ano e 9 meses.

assassinadas
Jornal Sua Voz/Reprodução

O Instituto Geral de Perícias detalhou as agressões às vítimas durante a coletiva de imprensa durante esta tarde. De acordo com o médico legista, todos foram atingidos com ao menos cinco golpes da espada que Fabiano Kipper Mai usou para as agressões.

Inicialmente, os bombeiros atenderam três sobreviventes. Entre elas, o próprio autor do crime, que tentou triar a própria vida após matar três pessoas. Uma das vítimas, Mirla Renner, de 20 anos, não resistiu aos ferimentos. Um quarto bebê está em estado gravíssimo e foi levado ao hospital de Chapecó pelo helicóptero da Polícia Civil.

Confira nota na íntegra

Hoje o dia está mais triste e com o coração devastado. Infelizmente, uma das vítimas da tragédia, que aconteceu hoje em Saudades, é nossa prima, a Keli. Acidentes acontecem, pessoas queridas se vão, há situações que estão fora do nosso controle… Mas, mesmo sabendo que um dia acaba, nunca estamos preparados para perder alguém, ainda mais dessa forma tão brutal.

É revoltante saber que um menino de apenas 18 anos entra em uma escola somente para ceifar vidas. Vidas inocentes e indefesas! Estamos falando de crianças, verdadeiros anjinhos, frágeis, puros, cheios de carinho e de alegria contagiante… Da professora dedicada em ensiná-los e protege-los… Da funcionária comprometida com cada aluno e suas famílias… Estamos de coração partido!

A Keli era uma pessoa de sorriso cativante, cheia de vida, com tantos sonhos que agora não poderão mais se tornar realidade… “Você partiu sem dizer adeus, deixou um vazio dentro de nós… As memórias nos confortam e a saudade será eterna. Vai com Deus prima!”

O MUNICÍPIO DE BLUMENAU

Deixe uma resposta