Sommelier dá dicas para harmonizar vinho com os sabores típicos de São João

Spread the love

Para quem quer curtir os quitutes comuns da Festa Junina, Sidney Lucas separou algumas sugestões de vinhos para combinar com a época comemorativa.

Está aberta a temporada das festas juninas e dos deliciosos sabores típicos de São João. Pamonhas, curau, broa de milho, pinhão, cuscuz, pé de moleque, arrumadinho nordestino e outros pratos típicos dessa época tornam o arraiá ainda mais especial e gostoso. E para quem quer curtir as delícias da Festa Junina em casa com um bom vinho, o Sommelier Sidney Lucas, da Decanter Blumenau, dá dicas para harmonizar a bebida com os sabores típicos de São João.

Um dos pratos mais comuns das festas juninas nordestinas, o arrumadinho nordestino, harmoniza muito bem com espumantes, como o Vinícola Hermann Lírica Brut. “Apesar da carne seca, o feijão e o vinagrete, presente no prato, não se dão tão bem com tintos, já que elimina a sensação de acidez e frescura do vinho”, revela Lucas.

Quando o assunto são quitutes doces, como pamonhas, curau, broa de milho e pé de moleque, um espumante doce é o ideal. “Para harmonizar com sobremesas e guloseimas, como é o caso dos sabores típicos de São João, a doçura do vinho deve ser igual a da comida. Por isso o Araldica Asti Spumante é perfeito para acompanhar essas delícias juninas”. Por fim, o delicioso e famoso cuscuz não pode faltar no arraial. Para acompanhar e dar ainda mais sabor ao prato tão regional e comum, a dica do especialista é um vinho branco. “Como a massa é feita com farinha à base de milho, o vinho precisa equilibrar o sabor. Por isso, o chileno Villard Chardonnay Reserve Expression. 2017 é uma boa opção”, conclui Sidney Lucas, Sommelier da Decanter Blumenau.

Decanter – Uma das maiores e mais destacadas importadoras de vinhos do Brasil, a Decanter foi eleita a Importadora do Ano, na edição anual de vinhos da revista Gula. Fundada em Blumenau, em 1997, conta com mais de 50 distribuidores por todo o país, além da rede de Enotecas Decanter. Seriedade, respeito ao cliente e uma política de preços convidativos têm sido alguns dos suportes desse crescimento. No entanto, é a esmerada seleção de vinhos que dá corpo à empresa.

TEXTO -Bruna Gabriela Ziekuhr/PRESSE COMUNICAÇÃO