Segue na UTI bebê que sofreu graves ferimentos em acidente de trânsito Arthur, de oito meses, passou por intervenção cirúrgica e continua em coma induzido

Spread the love

Segue internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Santo Antônio, em Blumenau, o pequeno Arthur Henrique Pereira das Virgens, de apenas oito meses. Ele foi vítima de grave acidente de trânsito na noite de sexta-feira (8), na Rodovia Ivo Silveira (SC-108), quilômetro 108, próximo ao acesso ao bairro Bateias, em Gaspar. Arthur era passageiro do VW Gol, placas de Gaspar, que foi atingido na traseira por um VW Jetta, também de Gaspar, cujo motorista fugiu do local. O bebê foi arremessado para fora do veículo e sofreu várias lesões.

Arthur e a mãe, Aline Daiane Ribeiro, de 19 anos, moram no Residencial Vila Isabel, no bairro Barracão. Pelas redes sociais, ela vem atualizando familiares e amigos sobre o estado de saúde do filho. À reportagem do JM, ela disse que seu filho ainda corre risco de morte, mas que ele está reagindo bem à medicação. Ela contou que Arthur teve uma parada cardíaca e traumatismo craniano encefálico, sofreu ainda fraturas no rosto e ombro, além de escoriações pelo corpo. Arthur passou por cirurgia e encontra-se em coma induzido. Durante o fim de semana, amigos e familiares criaram uma “vakinha online”, para quem puder ajudar na compra de produtos e medicamentos que serão necessários ao longo do tratamento. A mãe, porém, esclarece que, embora tenha sido criada a vakinha (Pix CPF 1154639193-2), a ajuda não precisa ser necessariamente em dinheiro. “Precisamos de fraldas tamanho G ou XG, de lenços umedecidos, sabonete líquido e gazes. “Quem puder ajudar com estes produtos, eu vou estar agradecendo de coração”, diz Aline.

Já o dinheiro da vakinha, segundo ela, vai servir para a compra dos medicamentos depois que o pequeno Arthur sair do hospital. Emocionada, ele diz que o filho também precisa de muita oração. “Não tem dinheiro que pague as orações, e tem muita gente orando pelo meu filho, e peço que continuem orando”,. Aline agradeceu as dezenas de mensagens de apoio que recebeu de familiares, amigos e até de quem não conhece. “Vocês não imaginam o quanto essas mensagens são importantes neste momento”. A mãe também agradeceu quem já auxiliou com dinheiro ou produtos.

Colisão e muro

O acidente de trânsito que provocou graves ferimentos no pequeno Arthur e em outras duas pessoas ocorreu por volta das 22 horas de sexta-feira (8). Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual, o veículo Jetta CL AC, de Gaspar, colidiu na traseira do VW Gol Plus, placas de Gaspar. A batida aconteceu próximo ao acesso ao bairro Bateias. Com o impacto da batida, o Gol, onde estavam Arthur, o pai e a madrasta foi arremessado contra o muro de uma residência. O motorista, de 19 anos, pai de Arthur, e a jovem, de 17 anos, sofreram ferimentos leves.

O motorista do Jetta fugiu do local. Os três feridos foram atendimentos pelo Corpo de Bombeiros de Gaspar e Brusque, e equipe do SAMU de Brusque. Os três foram conduzidos ao Hospital Azambuja, em Brusque, mas apenas Arthur ficou internado e, na manhã seguinte, transferido para Blumenau. De acordo com relatório do Corpo de Bombeiros Militar, o bebê apresentava escoriações em ambas as mãos, ferimento lacerante profundo com hemorragia na região da face. O pai de Arthur dirigia sem habilitação.

JORNAL METAS / ALEXANDRE MELO