Secretaria de Saúde de Timbó reforça que trabalhadores da saúde devem ir tomar vacina contra Influenza

A Prefeitura de Timbó, através da Secretaria de Saúde, vem reforçar que os trabalhadores da saúde devem ir se vacinar contra a Influenza. “Todo trabalhador de saúde que recebeu a vacina da Covid-19 tem direito e deve se vacinar contra a Influenza”, pontua enfermeira da Vigilância Epidemiológica de Timbó, Michelle Tamara Zilse Stolfi. Este grupo faz parte da primeira etapa do calendário de vacinação, que iniciou em 12 de abril, mas ainda está com baixa cobertura de vacinados. 
Seguindo o cronograma do Ministério da Saúde, a vacinação no município está na segunda etapa, imunizando idosos e professores. Mas quem faz parte da primeira etapa — crianças entre seis meses e menores de seis anos, as gestantes, puérperas e trabalhadores da saúde — e ainda não tomou a vacina também pode agendar a aplicação.
A última etapa inicia na próxima quarta-feira, dia 9 de junho, quando pessoas com comorbidades, alguma doença crônica e demais grupos contemplados na campanha poderão receber a vacina da Influenza.
Agendamento
Como forma de evitar aglomerações, é preciso agendar a aplicação da vacina. Para isso, é só ligar para a unidade de saúde que atende o seu bairro.

Covid-19
A orientação para quem tomou a vacina contra Covid-19 é aguardar o período de 14 dias, para então receber a da Influenza. No caso da Coronavac, é preciso esperar 14 dias após a segunda dose. Já a AstraZeneca, que tem um intervalo de 90 dias entre as duas doses, 14 dias após a primeira dose já é possível receber a contra Influenza.
Assessora: Raquel Piske/Ascom PMT

Deixe uma resposta