SC libera ‘xepa’ da vacina para adolescentes com comorbidades

Spread the love

Em nota técnica, a SES (Secretaria de Estado da Saúde) liberou a utilização da “xepa” da vacina contra a Covid-19 para adolescentes, de 12 a 17 anos, com deficiências permanentes graves, comorbidades, gestantes e puérperas. A normativa foi enviada para os 295 municípios catarinenses.

O objetivo é evitar o desperdício dos imunizantes da Pfizer/Comirnaty, único liberado para essa faixa etária pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que têm prazo de validade de 6h após a abertura.

Confira trecho da nota:

Considerando que os frascos da vacina do laboratório Pfizer/Comirnaty devem ser utilizados em até 6h após a abertura, os postos de vacinação devem realizar o manejo adequado das vacinas, evitando desperdício. Excepcionalmente, no caso de não existir pessoas com mais de 18 anos de idade a serem vacinadas, os municípios podem utilizar as doses remanescentes do frasco aberto para vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos com deficiências permanentes graves, comorbidades, gestantes e puérperas, na estratégia conhecida como “xepa” da vacina.

TEXTO – CULTURA FM