Prefeitura prevê repasse superior a R$ 5,6 milhões ao HMRT em 2021

Spread the love

Montante pode variar para mais, caso sejam contratados serviços adicionais

Talvez nunca antes a saúde tenha protagonizado de forma tão efetiva a lista de preocupações dos cidadãos. Em Pomerode ela ocupa destaque orçamentário para a destinação de verbas do poder público municipal. Além da atenção básica desempenhada pelas unidades de saúde da família, a Prefeitura também contratualizou com o Hospital e Maternidade Rio do Testo (HMRT) a prestação dos atendimentos de urgência e emergência, além de outros itens como a realização de exames e cirurgias.

Até o momento (junho), há a previsão de que o HMRT receba da prefeitura o montante total de R$ 5.612.998,20. Nesse valor estão inclusos tanto o empenho acertado entre as partes no início do ano, como também um valor adicional de R$ 686.960,45.

Este último inclui valores como os R$ 450 mil repassados como auxílio financeiro aos serviços de urgência e emergência, como forma de reforço ao enfrentamento à pandemia, e pagos ao hospital em três parcelas. Também faz parte desse valor R$ 110.400,00 destinados à locação de equipamento pelo prazo de 12 meses: ventilador pulmonar; monitor multiparamétrico e bomba de infusão volumétrica. Há também o contrato para a realização de cirurgias ortopédicas de ombro, uma média de 30 procedimentos, ao valor de R$ 76.560,00.

Faz parte desse aditivo, ainda, o repasse de R$ 50.000,45 para a aquisição de um aparelho de vídeocolonoscopia. Possibilitando a realização desse exame sem a necessidade de deslocamento para outro município.

De acordo com o prefeito Ércio Kriek, existe a chance de que esses valores sofram alteração para mais, ou seja, que o repasse seja maior. Tudo depende da contratação de novos serviços como, possivelmente, mais cirurgias eletivas junto ao HMRT. “É uma questão que ainda estamos conversando, inclusive em nível de Cimvi, existe a demanda represada das cirurgias eletivas que estão atrasadas por conta da pandemia por exemplo”, contextualizou.

Além disso, o chefe do Executivo destacou que a oferta desses serviços dentro do próprio município é de suma importância para os moradores, que encontram atendimento próximo de casa, e também para a administração, que diminui custos com deslocamentos para tratamento fora do município. Além disso, há a preocupação de fortalecer a unidade de saúde, já que o HMRT é o único hospital de Pomerode e possui uma grande importância e representatividade para a cidade. 

FONTE - TESTO NOTÍCIAS