Prefeitura de Indaial se posiciona após exoneração de diretora internada com Covid-19

Exoneração foi publicada nesta segunda, 6

Por meio da assessoria de comunicação, a Prefeitura de Indaial explicou a polêmica que envolve a exoneração da servidora Clarice Pasqualina Ferrari da função de diretora da Escola Básica Municipal Maria Helena Trentini Machado.
O debate gira em torno do estado de saúde de Clarice, que está internada no Hospital Oase em Timbó, na unidade de terapia intensiva. A assessoria de imprensa da prefeitura encaminhou o posicionamento em nota oficial, que informa que a exoneração se deu apenas em função do cargo de direção, que Clarice permanece figurando o quadro de servidores da prefeitura, na qualidade de pedagoga. Além disto, a Prefeitura de Indaial comunicou que a escola possui atualmente cerca de 230 alunos matriculados e que, no município, apenas escolas com mais de 700 alunos possuem diretores adjuntos.
Por fim, destacou que a escola permaneceu 34 dias apenas aos cuidados de uma auxiliar de direção.
Clarice está afastada desde o dia 25 de fevereiro, data em que recebeu o primeiro termo de isolamento, sendo hospitalizada no dia 19 de março.

SECOM INDAIAL

Deixe uma resposta