POR QUE OS BARES SÃO CONSIDERADOS FOCOS DE CONTAMINAÇÃO?

Bar lotado, com pouco espaçamento entre mesas e aglomeração do lado de fora, é cenário cheio de oportunidades para uma pessoa infectada transmitir a outras o novo Coronavírus. 

Bar lotado, com pouco espaçamento entre mesas e aglomeração do lado de fora, é cenário cheio de oportunidades para uma pessoa infectada transmitir a outras o novo Coronavírus. O vírus exalado por quem está contaminado permanece no ar e é tido por cientistas como a principal ameaça. Em uma mesa com quatro pessoas que tenha um infectado entre elas……as gotículas expelidas num bate-papo são suficientes para contaminar os demais. Como o vírus fica em superfícies, se um garçom sem luvas recolher o copo usado pela pessoa infectada pode transportar o vírus para outros lugares e contaminar a si próprio. Na fila do banheiro, se uma pessoa com o vírus tossir, espirrar ou simplesmente conversar com outros pode acabar infectando quem estiver por perto. Ao entrar no banheiro, os locais onde o infectado tocar – maçaneta da porta, tampa do sanitário, descarga e torneira – são potenciais transmissores do vírus. No clima de descontração do bar, alguns podem esquecer as regras de ouro e acabar se cumprimentando. O contato físico com um infectado é oportunidade para o contágio. O infectologista da UFRJ Roberto Medronho alerta: “Se houver uma pessoa infectada nessa situação, pode infectar todos os que estiverem a menos de dois metros de distância”.

REPORTAGEM – O GLOBO
Pedro Zuazo

Deixe uma resposta