Necessidade de investimentos em infraestrutura é destacada na AL em sessão de 50 anos da Facisc

Spread the love

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina realizou na noite da última quinta-feira (11) uma sessão especial em comemoração aos 50 anos da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc). A entidade congrega quase 150 associações municipais, que representam 34 mil empresas e geram mais de 2 milhões de empregos diretos. Entre elas, a Acib, representada pelo presidente Renato Medeiros, recebeu também uma placa em homenagem. 

O proponente da sessão foi o deputado Milton Hobus (PSD), que já presidiu a associação empresarial de seu município de origem, Rio do Sul. “É um momento de muito orgulho prestar essa homenagem a essa federação que representa as associações que tiveram contribuição direta para o êxito da economia de nosso estado”, afirmou.

O parlamentar lembrou que um dos maiores gargalos para o setor empresarial catarinense é a falta de investimentos em infraestrutura. “Com a eficiência do empresariado catarinense, não podemos admitir isso”, disse Hobus. “Não podemos aturar a falta de projetos estruturantes para o nosso estado. Se os investimentos não acontecerem, vamos perder competitividade, renda, empregos.”

O deputado fez uma citação especial ao empresário Horst Maul, diretor da Fiação São Bento, que acompanhou a sessão. Hobus lembrou que Maul sensibilizou o governo do Estado no reconhecimento da importância dos incentivos fiscais, quando do processo de revisão dos mesmos, em 2019.

O presidente do Conselho Superior da Facisc, Jonny Zulauf, também ressaltou a necessidade de investimentos em infraestrutura para que o empresariado possa “produzir, gerar riquezas e desenvolver a sociedade”. Ele lembrou que os dirigentes das associações realizam um trabalho voluntário em prol do associativismo. “São pessoas que abrem mão de seus negócios, sem remuneração, para trabalhar em prol do bem da coletividade.”

O presidente da Facisc, Sergio Rodrigues Alves, agradeceu à imprensa e aos ex-presidentes da federação. Para ele, os ex-dirigentes “se doaram pela causa do associativismo e doaram parte de suas vidas pelo fortalecimento e o crescimento da economia catarinense e do empreendedor associado. Se hoje vivemos avanços na nossa federação é graças à coragem e às persistência dessas pessoas.”

O dirigente reforçou que entre as batalhas encampadas pela Facisc está a melhoria da infraestrutura do Estado, com investimentos nas rodovias estaduais e federais, a construção da segunda pista do Aeroporto de Navegantes, entre outros. Alves também destacou o lançamento de um livro sobre os 50 anos da Facisc, que além de contar a história da entidade “enaltece quem construiu cada linha dessa trajetória cinquentenária.”

A sessão especial contou, ainda, com a participação de dirigentes de associações empresariais de todo o estado, do presidente em exercício da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina, André Armin Odebrecht, e do diretor-presidente do Badesc, Eduardo Corrêa de Machado.

Entidades homenageadas:

  • Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc)
  • Associação Empresarial de Blumenau (Acib)
  • Associação Empresarial de Joinville (Acij)
  • Associação Empresarial de São Bento do Sul (Acisbs)
  • Associação Empresarial de Rio do Sul (Acirs)
  • Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (Acif)
  • Associação Empresarial de São Francisco do Sul
  • Associação Empresarial de Tubarão
  • Associação Empresarial de Criciúma
  • Associação Empresarial de Caçador
  • Associação Comercial e Industrial de Laguna

FONTE – ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL BLUMENAU