Museu do Imigrante promove exposição “Festas e Festejos: Eventos que marcaram a história de Timbó”

Spread the love

A partir desta terça-feira, dia 14 de setembro, o Museu do Imigrante promove a exposição “Festas e Festejos: Eventos que marcaram a história de Timbó”. 
Estarão expostas peças do acervo do museu, fotos, jornais, textos e outros itens de acervos particulares. A intenção da exposição é entender e recordar as festividades que são tão importantes e carregam as tradições do município, mas que, devido a pandemia da Covid-19, não puderam ser realizadas nos últimos dois anos. O Cinquentenário de Timbó, Festival de Chopp, Centenário de Timbó, Maniokfest, Festa do Imigrante e Sesquicentenário de Timbó. 
“As festividades são um elemento importante para a manutenção da cultura e identidade das pessoas, momento onde podiam se reunir, cantar, comer, beber e relembrar, junto de seus pares, tudo aquilo o que viveram, experimentaram e aprenderam ao longo de suas vidas, promovendo assim uma sensação de unidade”, explica o atendente do Museu, Everton de Vargas. 
A exposição segue até o dia 3 de outubro, na Galeria Max Hartmann, que fica anexa ao museu.
Visitação
O Museu do Imigrante está aberto para visitação de terça-feira a domingo e feriados, das 8h30 às 11h30 e de 13h30 às 17h30.
A entrada tem o valor de R$ 2, para estudantes é metade e idosos e crianças com menos de seis anos têm entrada gratuita.
Está localizado na Avenida Getúlio Vargas, nº 211, no Centro de Timbó.

Assessora: Raquel Piske/Ascom PMT