Museu Casa do Poeta Lindolf Bell recebe doação de obra da artista Rosina de Francheschi

Spread the love

Na semana passada, o Museu Casa do Poeta Lindolf Bell recebeu a doação de uma obra de arte da artista plástica Rosina de Francheschi.
A obra de 1999 fez parte da exposição “Um tributo a Lindolf Bell”, realizada em 2000, pela passagem de dois anos da morte de Bell. Com a curadoria de Pedro Bell, filho do poeta, a exposição contou com a participação de mais de 20 artistas. 
A obra de Rosina foi feita na técnica mista sobre painel/tela, com dimensões de 1m x 80 cm. 
Sobre Rosina de Francheschi
Rosina de Francheschi é natural de Concórdia, na região oeste de Santa Catarina. Veio para Blumenau aos 19 anos para estudar artes na Universidade Regional de Blumenau (Furb) e acabou se apaixonando pela cidade e criando raízes. A artista é arte-educadora e artista visual com mestrado em educação. Sua trajetória profissional
iniciou em 1980. Desde lá, já participou de mais de 300 exposições, com obras em importantes acervos públicos e particulares, galerias, museus e instituições no Brasil e no exterior.
Amiga de Bell, Rosina de Francheschi participou de exposições na extinta Galeria Açu Açu em Blumenau. A galeria foi criada em 1970 por Bell, o escritor Péricles Prade e a artista plástica Elke Hering. Durante anos, Bell promoveu leilões de arte pelo Estado, e era frequente encontrar obras de Rosina de Franceschi no acervo.
Em seus 40 anos de trajetória no mundo da arte, Rosina já participou de diversas exposições coletivas e individuais, leilões e salões de arte em Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro. Além disso, suas obras também estiveram presentes em exposições em países como Argentina, Uruguai, Japão, Inglaterra, Itália e Irlanda. “Rosina de Franceschi é uma artista contemporânea que sabe inquietar-se, polemizar, questionar e questionar-se”, aponta o diretor presidente da Fundação de Cultura e Turismo de Timbó, Jorge Ferreira.

Assessora: Raquel Piske/Ascom PMT