Lamborghini Latino américa quer fábrica de carros elétricos em SC

Santa Catarina novamente está na mira de uma marca de luxo. Desta vez é a Lamborghini Latino américa, que quer instalar uma fábrica de carros elétricos no estado. A empresa, com sede no México, é conhecida por ter direitos da marca italiana na América Latina.

Santa Catarina novamente está na mira de uma marca de luxo. Desta vez é a Lamborghini Latino américa, que quer instalar uma fábrica de carros elétricos no estado. A empresa, com sede no México, é conhecida por ter direitos da marca italiana na América Latina. Comandada por Jorge Antonio Fernández Garcia, a Lamborghini latina quer produzir dois modelos de luxo com propulsão elétrica, mas não se sabe como serão estes produtos, apenas que atuarão como sedã e SUV, bem distante do que se esperava. Garcia está em Santa Catarina, reunindo-se com lideranças locais para obter incentivos fiscais para desenvolvimento de produto e produção no estado. Ele está na companhia de seu sócio na região, Gilson Pierri, que é de Rio Grande do Sul. Os planos da Lamborghini Latino américa inclui uma planta que deverá gerar 380 empregos diretos e 1,3 mil indiretos. Para a operação, Garcia teria demandado a transferência de ações da Lamborghini Uruguay no valor de US$ 57 milhões. Mas, ainda que Santa Catarina pareça ser o estado mais atrativo para a Lamborghini Latino américa, outros também manifestaram interesse na fábrica da empresa, sendo eles São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará. Além da fábrica de carros elétricos, a Lamborghini Latino américa quer construir um condomínio de luxo em Governador Celso Ramos, cidade que fica no litoral norte de Santa Catarina. Garcia mencionou que se os negócios evoluírem bem por aqui, pode até mudar a sede de companhia para o país, onde já licenciou a marca Lamborghini para três empresas nacionais. Envolta em certa polêmica, a Lamborghini Latino américa surgiu da concessão de direitos feita pelo fabricante italiano nos anos 90, quando estava em crise, mas depois foi contestada. De qualquer forma, Garcia conseguiu manter a propriedade da marca para a região, onde chegou a construir alguns carros esportivos na Argentina, com alguns deles elétricos. Sem carros esportivos atuais, a Lamborghini Latino américa tem um projeto baseado no conceito L.A. Visione e conta com um enorme motor elétrico duplo. Coatl, Alar e Century são os modelos anteriores da marca, feitos na região.

Fonte: NSC Total

Deixe uma resposta