Governo Federal reconhece situação de emergência por desastres naturais em 12 cidades do País

Spread the love

Municípios ficam nos estados do Amazonas, Bahia, Ceará, Mato Grosso, Pará, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul

O Governo Federal reconheceu a situação de emergência de 12 cidades do País atingidas por desastres naturais. A decisão foi publicada na edição desta quarta-feira (11) do Diário Oficial da União (DOU).

Enfrentam a estiagem os municípios de Cândido Godói, no Rio Grande do Sul, Olho-d’água do Borges e Assú, no Rio Grande do Norte, Itatira, no Ceará, e Sebastião Laranjeiras, na Bahia. Já a seca, que é uma falta de chuva mais prolongada do que a estiagem, atinge Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso, e Ielmo Marinho, também no Rio Grande do Norte.

Na contramão, o município de Rio Preto da Eva, no Amazonas, enfrenta inundações. Já Monte Alegre, no Pará, registrou chuvas intensas. No Rio Grande do Sul, os municípios de Ametista do Sul e de Erebango tiveram prejuízos devido à chuva de granizo.

Finalmente, pescadores do município gaúcho de General Câmara enfrentam problemas em um distrito devido a uma infestação de piranhas no Rio Jacuí, que banha o município.

Acesso a recursos

Após o reconhecimento de situação de emergência pelo governo federal, o município afetado por desastre natural pode solicitar recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para ações de resposta, que são aquelas voltadas a socorro, assistência e restabelecimento de serviços essenciais, e de reconstrução de infraestrutura atingida pelos desastres.

Com base nas informações enviadas por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD), a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do valor a ser liberado.

TEXTO –  Ministério do Desenvolvimento Regional