Deputados comemoraram decisão do Executivo de implantar Udesc em Caçador

Spread the love

Parlamentares comemoraram a decisão do Executivo de implantar um campus da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Caçador, no Vale do Rio do Peixe, durante a sessão de quarta-feira (1º) da Assembleia Legislativa.

“Quero comemorar e agradecer, dizer da gratidão, será o campus da Udesc no Meio Oeste, fazendo justiça à maior cidade da região”, discursou Valdir Cobalchini (MDB), que ponderou a importância da universidade para o desenvolvimento da região do Contestado.

Ricardo Alba (PSL) também destacou a importância da decisão e elogiou o empenho de Cobalchini para concretizar a antiga reivindicação regional.

“Parabenizo Vossa Excelência que foi o articulador, que foi a voz que fez com que a região fosse ouvida e que Caçador tivesse um campus da Udesc, foi pela mão de Vossa Excelência”, insistiu Alba.

Além de uma unidade da Udesc, segundo Cobalchini, o governador anunciou a revitalização de diversas rodovias, entre elas a que liga Matos Costa a General Carneiro (PR); Lebon Régis a Curitibanos; Curitibanos a Macieira; Matos Costa a Porto União;  o acesso à Vinícola Villaggio Grando, em Água Doce; e a ligação entre Treze Tílias e Salto Veloso.

“Agradeço o esforço da Secretaria de Infraestrutura”, registrou Cobalchini.

“Fui testemunha do que aconteceu, acompanhei o governador começando em Matos Costa, realmente eu vi alegria das diretoras das Apaes de conseguir verbas para todas as Apaes, incluindo a Apae de Curitibanos e de Santa Cecília”, declarou Nilso Berlanda (PL), vice-presidente da Casa.

Fisioterapeuta em UTIs
Ricardo Alba agradeceu os membros das comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e de Finanças e Tributação (CFT) pela aprovação de projeto de sua autoria que dispõe sobre a presença de profissional de fisioterapia respiratória nas UTIs.

“A exigência já tem normativa do Ministério da Saúde, com 18 horas diárias”, informou Alba.

Perseguição a deputado
Marcius Machado (PL) disparou indignado contra o Comando da PMSC pela transferência do cabo Edemar Luiz da Silva, afastado do canil de Xanxerê depois que foi homenageado pelo deputado Marcius.

“Foi retirado do Canil de Xanxerê, Edemar era uma referência no Brasil. O que está acontecendo no Comando? Perseguição com a minha pessoa?”, questionou Machado, que recebeu a solidariedade de Ada de Luca (MDB) e Sergio Motta (Republicanos).

Obras anunciadas e não iniciadas
Neodi Saretta (PT) alertou os colegas para o caso de obras em rodovias estaduais anunciadas pelo governo e jamais iniciadas de fato.

“Estamos vendo o governo autorizar uma série de obras em rodovias estaduais, são anunciadas, mas efetivamente não estão em andamento”, afirmou Saretta, referindo-se, por exemplo, à ligação entre Concórdia e Chapecó.

Falta de análogos de insulina
Neodi Saretta voltou a cobrar da Secretaria do Estado da Saúde o cumprimento da lei de autoria dos ex-deputados Dalmo Claro de Oliveira e Fernando Coruja que determina o fornecimento dos chamados análogos de insulina.

“Estamos pedindo explicação ao estado, o caixa tem dinheiro”, observou o presidente da Comissão de Saúde.

Aumento de 9% no custo
Bruno Souza (Novo) criticou a Secretaria de Estado da Fazenda (SEF) pelo aumento de 9% no custo dos pequenos empreendedores do Simples que compram produtos de fornecedores de fora do estado.

“Quando sua empresa comprar de fornecedor de fora do estado e se a alíquota do ICMS for de 4%, deverá considerar um percentual de 9,09% de custo adicional”, disparou Bruno, que apelou aos colegas para “não aprovarem qualquer coisa que o governo manda para cá”.

Laguna na Rede Globo
Felipe Estevão (PSL) celebrou na tribuna que o programa Globo Repórter, da Rede Globo, que irá ao ar na sexta-feira (3) abordará a cooperação entre pescadores e golfinhos em Laguna.

“Estou radiante de ver minha Laguna com protagonismo em um programa de audiência como o Globo Repórter”, confessou Estevão.

Bolsonaro no PL
Ivan Naatz (PL) repercutiu a filiação do presidente Jair Bolsonaro no Partido Liberal, ocorrida na terça-feira (30), em Brasília.

“Um partido que está em todas as unidades da federação, com a possibilidade de estampar o 22 no peito, agora o partido do presidente Bolsonaro”, anunciou Naatz, acrescentando que muitos vereadores e prefeitos já procuram a sede do partido para se filiar.

Vítor Santos
Agência AL