Deputado Laércio reforça olhar municipalista do Governo do Estado

Durante a visita da Governadora Daniela Reinehr a Blumenau, hoje, o Deputado Laércio Schuster reforçou a necessidade do Governo do Estado ter um olhar municipalista com as cidades catarinenses.

Durante a visita da Governadora Daniela Reinehr a Blumenau, hoje, o Deputado Laércio Schuster reforçou a necessidade do Governo do Estado ter um olhar municipalista com as cidades catarinenses. Nesse sentido, Laércio agradeceu os investimentos de quase R$ 10 milhões no Aeroporto de Blumenau, os investimentos na SC-108, além das obras de recuperação na SC-477, que liga Timbó a Rio dos Cedros e Benedito Novo a Timbó, que somam quase R$ 20 milhões anunciados hoje.

“Quero agradecer à Governadora Daniela pelos quase R$ 10 milhões investidos no Aeroporto de Blumenau, que atende toda a nossa região”, disse o Deputado. “Já existe um convênio em andamento para o balizamento noturno e cercamento do aeroporto. E agora, através de um pedido nosso, mais R$ 5 milhões para a revitalização da pista”.

Com os investimentos já pactuados será possível ao aeroporto receber pousos e decolagens à noite. Já através do pedido do Deputado Laércio, a recuperação da pista consolidará Blumenau como referência no transporte de órgãos para transplante, além de beneficiar as operações e resgates do helicóptero Arcanjo em nossa região.

Da mesma forma, os investimentos previstos em infraestrutura levarão mais segurança para quem transita nas rodovias estaduais, a exemplo da SC-477 entre Benedito Novo, Timbó e Indaial; a Rodovia Tercilio Marchetti, que liga Rio dos Cedros a Timbó e a SC-110, que liga Pomerode a Jaraguá do Sul.

“Essas rodovias estaduais estão hoje sendo recuperadas via tapa-buracos. Mas isso é um paliativo até que seja concluído o processo de licitação para a revitalização dessas estradas, através de um pedido nosso que incluiu R$ 15 milhões no orçamento do Estado para 2021”, explicou Laércio. “Quando o Governo do Estado tem um olhar municipalista, quem ganha são as famílias. Porque a vida das pessoas acontece nas cidades”.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Deixe uma resposta