Deputado Laércio quer incluir adolescentes com comorbidades na vacinação contra a Covid

Spread the love

O Deputado Laércio Schuster quer incluir adolescentes com Comorbidades, a partir dos 12 anos de idade, como grupo prioritário do Plano Estadual de Vacinação contra a COVID-19, em Santa Catarina. Para isso protocolou hoje, dia 21, na Alesc, um projeto de lei com esse objetivo. O PL teve a contribuição da vereadora de Pomerode Cleide Kamchen.

Laércio explica que a iniciativa partiu de conversas com mães que têm filhos nessa situação. “Em meus roteiros pelo interior de Santa Catarina tenho conversado com muitas mães que me trouxeram essa preocupação de ter filhos adolescentes com comorbidades”, conta o Deputado. “Essas mães manifestaram o medo de o filho contrair a Covid mais facilmente, já que geralmente têm a saúde debilitada”.

Laércio lembra que a saúde das pessoas sempre foi a maior prioridade do seu mandato, inclusive quando era Prefeito de Timbó. “Somente quando a gente anda pelas ruas, conversa com as pessoas e se coloca no lugar delas consegue identificar esse tipo de preocupação de mãe”, afirma Laércio. “Sou um deputado de rua, que anda pelo interior do Estado, e não um político de gabinete ou de ar condicionado. Por isso, consigo sentir o que as pessoas sentem”.

O Deputado espera que o projeto de lei tramite de forma rápida pela Assembleia Legislativa, recebendo a atenção e o tratamento que merece e a sanção do Governador Moisés para virar lei. Ressalta ainda que existem estudos que mostram a eficácia e segurança da vacina da Pfizer/BioNtech em adolescentes a partir de 12 anos, tendo já sido liberada a aplicação a esse público em países como Chile, Uruguai, Canadá, Estados Unidos e na União Europeia.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DEPUTADO Laércio Schuster