DEPOIS DE 5 ANOS, DENGUE VOLTA A PREOCUPAR AUTORIDADES EM SC

Spread the love

A vacinação pode ajudar a controlar a doença e evitar que casos avancem para óbito!
Já são 4 mortes causadas por dengue em Santa Catarina em 2021. Segundo a Vigilância Epidemiológica do estado, os últimos registros de morte pela doença eram do ano de 2016. Até 11 de junho foram confirmados mais de 12 mil casos no estado, sendo que no mesmo período em 2020, haviam sido confirmados pouco mais de 9 mil casos. Pelo menos três municípios estão em situação de epidemia pela doença: Joinville, Santa Helena e Navegantes.
Como é uma doença que há tempos não causava morte no estado, o alerta se acende. Uma das maneiras de prevenir é evitar deixar locais com água parada onde o mosquito se prolifera. Em locais onde a presença do Aedes aegypti está em alta, é indicado ainda a Vacina contra a dengue. O imunizante é recomendado a partir dos 9 anos de idade até aos 45 anos, para aquelas pessoas que já tiveram contato com o vírus. Para quem está com viagem marcada para áreas endêmicas da doença, a vacina pode ser obrigatória, observe esse detalhe.
Na Primme Vacinas, clínica especializada em imunização, a vacina contra a dengue está disponível. “É importante prevenir com a vacina, pois a dose estimula as defesas naturais do corpo, levando à produção de anticorpos contra esse vírus. Então, quando a pessoa entra em contato com o vírus da dengue por meio de uma picada, o corpo reage rapidamente combatendo a doença”, explica a Mariana Fernandes, enfermeira responsável pela sala de vacinação da Primme Vacinas.
A Primme Vacinas está localizada em Florianópolis, São José, Palhoça e Balneário Camboriú. Em tempos de Pandemia, a clínica atende com horário marcado e também vacinação domiciliar, para evitar qualquer tipo de transtorno ou risco para os pacientes.
ALERTA
Uma pessoa pode ter Dengue até 4 vezes na vida, já que existem 4 tipos diferentes do vírus. E mais, é possível que você já tenha tido e não sabe, já que dados apontam que boa parte dos infectados são assintomáticos. Porém, é importante ficar atento aos sintomas da dengue, que podem ser febre, dor de cabeça, dores musculares e nas articulações, dor atrás dos olhos e manchas vermelhas na pele, além de náuseas e vômitos. No caso de perceber sintomas assim, o indicado é buscar ajuda médica, pois a dengue pode levar a óbito.


FONTE – Danielle Lottermann