Contribuintes podem destinar parte do Imposto de Renda para auxiliar crianças e adolescentes

Spread the love

Os cidadãos brasileiros que preenchem os requisitos da lei precisam fazer anualmente a declaração do Imposto de Renda. Neste ano o prazo foi prorrogado para até 31 de maio

Os cidadãos brasileiros que preenchem os requisitos da lei precisam fazer anualmente a declaração do Imposto de Renda. Neste ano o prazo foi prorrogado para até 31 de maio. Na Declaração de Ajuste Anual (DAA), o contribuinte pode destinar até 3% do imposto devido ao Fundo da Infância e da Adolescência (FIA).

Para doar, o contribuinte tem que optar pela declaração do tipo completa, pois pela simplificada não é possível fazer a destinação ao Fundo. O procedimento é bem simples, basta seguir o passo a passo:

1 – Após o preenchimento de todos os rendimentos tributáveis, acesse a aba Fichas da Declaração, clique no item Doações Diretamente na Declaração e clique em Novo.
2 – Em Tipo de Fundo selecione Nacional, Estadual/Distrital ou Municipal.
3 – Em UF selecione o estado (se for o caso).
4 – Em Município selecione o município (se for o caso).
5 – Embaixo, à direita, observe o Valor Disponível para Doação.
6 – No campo Valor você pode preencher até o limite do valor disponível para doação.

Após o procedimento será gerada a DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais), que deve ser paga até o dia 31 de maio, e a própria DARF é o recibo comprovante da doação. Qualquer dúvida o contribuinte pode consultar seu contador ou no site da Receita Federal (Campanha Destinação).

Vale destacar que a pessoa física não pagará um valor maior de imposto nem terá o valor de sua restituição diminuído. Apenas permitirá que parte do imposto devido, apurado na DAA, seja destinado diretamente para o FIA, ao invés de ir integralmente para o Tesouro Nacional.

Dessa forma, destine parte do seu imposto de renda para o FIA de Indaial e contribua para o desenvolvimento das crianças e adolescentes.

SECOM INDAIAL