Cafeteria Especial de casa nova: reinauguração está prevista para o mês de julho

Spread the love

Novo endereço fica na rua Paraíba, no bairro Victor Konder.

A Cafeteria Especial, de Blumenau, prepara uma nova sede que deve ser inaugurada em julho deste ano. Prevista para reabrir na segunda quinzena de julho, a nova sede será na rua Paraíba n 101, no bairro Victor Konder, região central da cidade de Blumenau.

Em conversa à reportagem, Giorgio Sinestri, proprietário da cafeteria, informou que um dos maiores desafios foi encontrar um espaço que atendesse às necessidades da cafeteria.

“Infelizmente não conseguimos encontrar um local que conciliasse a acessibilidade para pessoas de mobilidade reduzida com um bom valor de aluguel. Mas a adequação do espaço é um dos nossos próximos passos”, desabafou.

As novidades da cafeteria

A cafeteria irá abrir com um novo conceito café, brechó e inclusão. Inclusão e café já são o forte da empresa, “mas agora vamos oficializar nosso brechó de roupas e acessórios, que foi criado durante a pandemia pelas voluntárias Ângela Sinestri e Katlyn Pasini, para ajudar no orçamento com a impossibilidade de atendimento”, contou Sinestri.

De acordo com Sinestri o cardápio também virá recheado de inovações. “Além dos doces e cafés, estamos trazendo também produtos sem glúten e sem lactose. Traremos novidades na linha vegana, diet e algumas opções de bebidas com leite, água e frutas”, orgulhou-se.

Em relação à estrutura, o proprietário aponta que algumas questões de interesse coletivo também serão atendidas pelo novo espaço. Além de uma área especial para crianças, sala de reunião, leitura e um local para bicicletas, a cafeteria também será um ambiente pet friendly (aberto aos animais de estimação).

Sinestri ainda se entusiasmou ao falar sobre a abertura de um empório da marca dentro da nova sede. No ambiente, será vendido uma marca de café e biscoitos de produção própria da cafeteria.

A equipe

A equipe teve de ser reduzida por conta da pandemia. Mas Leandro, pessoa com síndrome de down de 30 anos, permanece desde o início dos trabalhos. De acordo com Sinestri, eles permanecem se encontrando uma vez por semana, para que não percam o vínculo e contato com Leandro. No ano passado, ele ainda iniciou um curso profissionalizante de confeitaria para se aperfeiçoar no trabalho.

Divulgação

Sinistre nos contou ainda mais um plano para promover maior inclusão na nova equipe da cafeteria. “Pretendemos incluir uma pessoa com deficiência visual assim que estivermos mais estabilizados”, disse ele.

FONTE - O MUNICÍPIO BLUMENAU