Brandili lança projeto para capacitar jovens que têm interesse em trabalhar com corte e costura

Selecionadas passam por treinamento remunerado com a possibilidade de contratação

A Brandili, empresa têxtil voltada para o público infantil, lançou em 2021 o projeto “A arte de ensinar a costurar”. O objetivo é capacitar e incentivar jovens mulheres no ramo de corte e costura. A ação iniciou na cidade de Otacílio Costa (SC), onde a empresa tem uma unidade, e já efetuou a contratação de 23 novas colaboradoras com idade média de 22 anos. “É uma mão de obra cada vez mais escassa. E sendo a serra catarinense uma região voltada ao setor madeireiro, as mulheres acabam tendo maior dificuldade de ingressarem no mercado de trabalho. A costura é uma oportunidade de independência financeira, bem como incentiva os sonhos deste público feminino e mais jovem, que geralmente está buscando um estudo e conquistando sua formação acadêmica através desta profissão tão importante”, comenta Adriane Raphaeli, supervisora de Confecção da Brandili na unidade de Otacílio Costa.Laísa Felipe dos Santos é uma das participantes do projeto. A jovem vê a oportunidade como um grande aprendizado e também uma evolução, já que este é seu primeiro emprego com carteira assinada. “Nunca havia sentado na frente de uma máquina de costura, está sendo muito bom. Não imaginava que a costura era assim, com tantos detalhes, agulhas e máquinas diferentes, para cada operação. Me encontrei nesta profissão. A cada dia aprendo coisas novas. Espero crescer profissionalmente. Sinto orgulho de poder estar proporcionando um futuro melhor para minha filha com essa oportunidade. Aprender cada vez mais, para ter um futuro melhor”, comenta.
Essa foi a primeira edição do projeto que tem duração de 90 dias de treinamento. A empresa não descarta a possibilidade de aplicar “A arte de ensinar a costurar” em outras cidades. “A Brandili abre as portas para gerar oportunidades de crescimento social e econômico. O projeto vem ao encontro das necessidades da cidade. É uma troca de aprendizados, nós capacitamos as pessoas e, em contrapartida, recebemos a valorização delas que, através deste projeto, alcançam seus objetivos”, finaliza Adriane.

Como funciona o projeto:

        “A arte de ensinar a costurar” funciona da seguinte forma: os selecionados passam por entrevista e, em seguida, têm a oportunidade do primeiro contato com as máquinas de costura e com a área produtiva da indústria. São acompanhados e instruídos por uma líder da produção e supervisora, para que tenham uma ideia do funcionamento deste setor. Após as avaliações, são encaminhados para o processo de admissão temporária e passam por um treinamento de 90 dias, com a possibilidade de contratação ao final do curso.

Imagens para download: https://drive.google.com/drive/folders/1Hn2WbRpyfOHOS0vKcfcyLGHJc8uzugVE?usp=sharing
Crédito: Divulgação Brandili

Oficina das Palavras:Camila Tibes

Deixe uma resposta