Bandeirante sedia evento internacional de basquete

Spread the love

Treinamento foi realizado no fim de semana para atletas de Brusque e outras cidades do estado, com participação do técnico Vando Becheli, que atua nos Estados Unidos

A Sociedade Esportiva Bandeirante e a Associação Esportiva e Recreativa Brusque (Ser-Brusque) realizaram neste fim de semana uma clínica internacional de basquete (treinamento da modalidade). O evento iniciou na sexta-feira (9) às 13h30 e foi concluído às 18h de domingo (11), totalizando oito períodos diferentes de treino. Quem ministrou a clínica foi o técnico Vando Becheli, que recentemente foi campeão nacional nos Estados Unidos, pela Universidade da Florida Coastal Prep.

No sábado (10), o assistente técnico em times do Novo Basquete Brasil, George Rodrigues Salles, também auxiliou nos treinamentos, realizados no ginásio do Bandeirante, junto a outros professores convidados.

“Nós temos um grupo de estudos que se reúne semanalmente, com técnicos americanos e brasileiros. Fazia algum tempo que eu pedia para o Vando vir ao Brasil conhecer o projeto. Ele foi meu técnico, assim como o George Salles. Conseguimos agora que ele viesse para passar o conhecimento sobre o basquete americano aos atletas de Brusque e também de Balneário Piçarras, Blumenau e Itajaí”, explica o técnico de Brusque, Daniel de Paula, organizador da clínica.

Segundo ele, participaram do treinamento aproximadamente 80 atletas, entre 10 e 19 anos. “Nossa intenção é fomentar o basquete no estado para alcançar o alto nível na categoria de base”, ressalta.

Para Becheli, foi uma alegria retornar a Brusque e também ao ginásio do Bandeirante, onde já trabalhou. “É muito bom voltar aqui depois de tantos anos. Hoje na parte da manhã recebi a visita de jogadores que trabalharam comigo e vieram matar a saudade aqui no ginásio. Neste evento, estamos trabalhando com a nova geração do basquete, que o professor Daniel de Paula nos trouxe. Vim para dar uma lapidada e ensinar um pouco mais para eles”, conta.

O treinador lembra que por muitos anos o basquete foi o esporte número 2 no Brasil, atrás apenas do futebol, mas perdeu visibilidade. “Ele vem crescendo novamente com apoio da Confederação Brasileira de Basquete e o Campeonato Nacional de Basquete (NBB). Vem atraindo novamente a atenção da meninada. Brusque está no caminho certo, com o resgate do esporte realizado pelo Daniel, com apoio do Bandeirante”, frisa.

O evento foi realizado com todos os cuidados de prevenção ao Coronavírus, sendo obrigatório o uso de máscara durante todo o período de permanência no Ginásio do clube. Não foi permitida a presença de torcida pelos organizadores.

TEXTO - AMPLITUDE COMUNICAÇÃO