Atleta de Blumenau defende Seleção Brasileira de handebol…..

Rudolph Hackbarth, de 27 anos, é ponta direita na equipe que estreia nesta sexta-feira, dia 12, contra a Noruega.

Nesta sexta-feira, dia 12, começa a campanha da Seleção Brasileira de handebol em busca de uma vaga na Olimpíada de Tóquio. Entre os 20 atletas que vão vestir a camisa verde amarela está o blumenauense Rudolph Hackbarth, de 27 anos, que iniciou os primeiros passos na modalidade em um dos polos de iniciação esportiva da Secretaria Municipal do Esporte (SME).

Rudolph, hoje ponta direita da seleção, conta que aos 8 anos foi apresentado ao handebol, quando estudava na Escola Básica Municipal Machado de Assis. Esse foi o início da trajetória do jovem no esporte. “Representei Blumenau do mirim ao adulto e tive grandes técnicos que me ajudaram na formação, como Robson Souza e Newton Cipriani”, diz.

Enquanto ainda jogava em Blumenau, Rudolph disputou três Jogos Pan-Americanos e dois mundiais pela categoria de base. Depois, teve breves passagens jogando em Itajaí e Londrina (PR), até chegar ao Clube Pinheiros (SP), referência no cenário nacional do handebol.

Defendeu o clube paulista por quatro anos e depois atravessou o Atlântico para jogar na Europa. Há dois anos atua pela Club Balonmano Ciudad de Logroño, da Espanha, equipe que disputa a Liga ASOBAL, principal competição de clubes de handebol no país.

As atuações pela equipe espanhola o credenciaram para que o treinador da seleção, Marcus Tatá, convocasse o blumenauense para o Pré-Olímpico que será disputado em Montenegro, entre os dias 12 e 15 de março.

Esta não é a primeira vez que Rudoph defenderá o Brasil em uma competição. Pela seleção principal já conquistou o ouro nos Jogos Sul-Americanos (Odesur), bronze no Pan-Americano de Lima em 2019 e também já disputou dois mundiais, em 2019, na Dinamarca e Alemanha e em 2021, no Egito.

Este novo desafio é especial para o atleta de Blumenau, pois vale uma vaga para a Olimpíada de Tóquio. “Já estamos em Montenegro, treinando para os jogos do final de semana, e as expectativas estão bastante altas em conseguir a classificação. Sabemos que será extremamente difícil, mas acreditamos que temos possibilidades de conseguir uma das duas vagas” completa.

O Brasil vai disputar um quadrangular onde os dois primeiros garantem um lugar no Japão. No total há três grupos e cada um terá direito a duas vagas. Japão (país-sede), Dinamarca, Argentina, Egito, Bahrein e Espanha já estão garantidas nos Jogos Olímpicos.   

Os blumenauenses poderão torcer pela seleção e pelo atleta da cidade no Canal Olímpico do Brasil e na TV Nsports. A seleção brasileira estreia no Pré-Olímpico de handebol masculino contra a tradicional seleção da Noruega nesta sexta, às 16h, no horário de Brasília. No dia seguinte, às 13h30, os comandados por Marcus Tatá enfrentam a Coreia do Sul. No domingo, dia 14, encerram a participação no torneio contra o Chile, também às 13h30.

Assessor de Comunicação: Adriano Lins.

Deixe uma resposta